segunda-feira, 9 de maio de 2011

- Lovers
de Alex Grey

.


Sexo é a viagem que transcende



O pecado e a culpa


Dos velhos


&


novos cristãos.


















Felipe Rey

2 comentários:

Lou James disse...

Salve poeta!
O sexo é uma "viagem prazerosa". Há pedágios, curvas, buracos, pistas simples e duplas durante o trajeto.
E tmb há os radares dos moralistas que tentam (em vão?) impedir a aceleração e controlar os limites da nossa velocidade.
Abrçs.

Felipe Rey disse...

excelente comentário que funde e sintoniza nesse raciocínio lisérgico.

Valeu , bicho !

 

Labels

Labels