segunda-feira, 6 de abril de 2009

paralice


.



p / alice


o giz
de alice
ruiz
diz
q poesia
se corta
com navalha
e liga
palavra à palavra.





[felipe
rey]

8 comentários:

matilha disse...

muito foda cara me amarrei

bertamé cafeivoro lisergico

Felipe Rey disse...

Faleleusis cumpade Berta !

Caio Carmacho disse...

podia mandar pra coroa. boto fé que ela vai curtir.

charlotte disse...

Lindo! certeza que ela gostaria.

brunobandido disse...

lindo como alice é.

vou linkar teu blog lá no meu. brunobandido.wordpress.com , ele nem é de poesia somente mas ta valendo.

abraço.

Guanabara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Guanabara disse...

Cara, eu te encontrei no evento Caminhos poéticos da canção... enquanto esperávamos a Alice e o Arnaldo, anotei o endereço do seu blog... Dei uma visitada e ele é bem bacana!!! Curti sua poesia: ritmada, acesa, interessante... Sucesso! Inquietação sempre! Abraço (Alessandro Guanabara)

ricardo ara disse...

hey cara, te conheci pelo bruno, o bandido..
bom pra caralho tuas poesias

sempre existe uma alice pra um poema.

abraço

 

Labels

Labels