domingo, 7 de junho de 2009

DESPERTA DISPERSÃO



.



Meu corpopeletodo(a)
co-responde
as migalhas,
tralhas
do meu paupérrimo
coração.

Câmbio
e desligo
e desconecto
meu PCérebro
e mais nada me
esquenta,
apoquenta,
afugenta.

Fugir de mimesmo,
não é saída.

Zen-sem-budismo
que venha o construtivismo
de uma dispersa
concen
tração.

Deixa eu
sobrar.
Deixa eu
derreter.
Apagar,
diluir
o fogo
o fogaréu
desse desassossEGO!







FELIPE REY

2 comentários:

Pedro Melo disse...

grande magnetismo... palavras sábias e sentimento aguçado!

yullivic disse...

meu desassossego
é o mesmo

 

Labels

Labels