segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Dicas sobre vivência

.




p/ Rafael Goya


quem nunca deixou o cabelo crescer ?
quem nunca bebeu o leite saindo da vaca ao amanhecer do galo ?
nem bebeu cerveja do gargalo da garrafa ?

quem aqui quase se afogou tentando nadar na praia ?
quem já se cortou com o gilete fazendo a barba ?
já deu calote no ônibus pulando a roleta ?

e você ? nunca tocou numa bandinha de rock do 2° grau ?
nem foi passear na Vila Mimosa ?
ah vai me dizer que nunca viu sua vizinha pelada exibindo-se na janela ? !
ou pelo menos já brincou de médico com a sua prima no quintal ?

quem aqui mandou a mãe e o pai se fuderem ?
quem quis mudar de nome alguma vez ?
nem faltou ao trabalho dando um atestado médico falso ?
como ? ! nunca nem pegou catapora e caxumba ao mesmo tempo ?
ih vai dizer que nunca atravessou uma avenida movimentada sem olhar para os lados ? !

você já pensou em pular do 35º andar ?
nunca subiu um morro pra comprar bagulho ? enfeitar a mente ?
nem nunca comeu feijão com macarrão e farinha até se empanzinar ?

alguma vez atendeu a um telefonema de um psicopata patológico ?
quem já ficou reprovado em raciocínio lógico ?
vá me dizer que nunca quebrou o braço jogando bola logo depois duma virada de ano ? !
nem escovou seus dentes com a escova-de-dente de algum desconhecido ?

ah vá me dizer que ainda não viajou de carro para o Espírito Santo e Minas Gerais ? !
nem caiu na porrada com um colega seu e em seguida fez as pazes ?
oh nem venha falar que não se masturbou folheando a playboy da tiazinha e da feiticeira !
nem venha me falar que nunca falou qualquer babozeira de propósito em público !

quem aqui já tentou escrever um poema escroto como esse ?
oh vá dizer que nunca tentou jogar uma guimba de cigarro aceso no buraco da lata de lixo ?
nem sequer pixou algum patrimônio tombado pelo instituto histórico nacional ?

por acaso a sua vó esfregou cocô na cara quando era bem pequeno ? uma forma de te ensinar a ir ao banheiro sozinho. . .
por acaso já matou algum passarinho com a carabina do seu padrinho ?
por acaso nunca tacou pedras na casa de alguém ou atirou ovos podres nos veículos passando e depois saiu correndo pra se esconder ?
por acaso nunca esperou a padaria abrir para dividir pães e mortadelas com os amigos na praça chegando da noitada ?
por ventura nem sequer pulou carnaval em barra de são joão no final da década de 90 ?

é filhote . . . quanta coisa que você deve fazer
para mais tarde não se arrepender de nada ...
viva tudo isso e mais um pouco do muito que ainda não foi dito se preciso !





Felipe Rey

1 comentários:

brunobandido disse...

"quem nunca sonhou ser currado por animais, nem transou com cadáveres, nunca traiu o seu melhor amigo, nem quis comer a sua mãe. só as mães são felizes."e

 

Labels

Labels