segunda-feira, 26 de março de 2012

visceral

.

refletindo voraz
é o absurdo do dia
e não é uma parada:
estoy-muy-loco-insane-in-the-brain
é veloz
trincado branco no preto
preto no branco
vontade de penetrar até me perder no túnel
idílios
dormindo ou acordado
minha cidade é pó e mato
e eu sou violento e apaixonado quando vivo.


Felipe Rey

5 comentários:

Anarita disse...

Seu blog é muito bom rey

Anarita disse...

Seu blog é lindo rey

Anarita disse...

Amei a pesia

Mariiiiiii disse...

qdo crescer quero escrever coisas tao bonita como o sinhô

Ghost Writer disse...

Seus poemas são intensos e teatrais. Adorei o blog. Bjs. Rose de Castro - Escritora, Ghost Writer e Poeta

 

Labels

Labels