sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

CULPA UNIVERSAL





.



Há certas horas que eu não duvido de (D)eus
da sua onisciência, onipresença e onipotência
quando a natureza em fúria se manifesta
e tudo e nada mais resta:
escombro da pobreza
cocanha da riqueza.

Mas a dúvida me entranha
a dúvida é a mola-mestra da existência humana.

Os homens esculpem a culpa universal.

Cidades que se erguem
outras se submergem -
ficamos à margem do tempo
à mercê da vida:
caos e criação.

Evoluímos acidentalmente
concomitantemente nos degradamos.
Paraíso contíguo?
de costa nós viramos.

Mundo tão antigo
que nunca foi rejuvenescido!
agradecemos cabisbaixos, tolhidos
ao axioma final
que nos fora concedido.


TODOS OS HOMENS ESTÃO ESCULPINDO A CULPA UNIVERSAL
TODOS OS HOMENS ESTÃO ESCULPINDO A CULPA UNIVERSAL...




[FELIPE
REY]

2 comentários:

DIABLOG disse...

todos os homens
culpam e cospem

deza disse...

Enquanto as pessoas pensarem e agirem somente em busca do que é cômodo, fácil e melhor – exclusivamente – para elas, sem se preocupar com os resultados futuros de palavras e atitudes decididas hoje, não haverá bem comum! Se você pensa somente em bem estar momentâneo, cuide-se!Pq a cortina cai e a partir deste ponto, começa o espetáculo de horrores

 

Labels

Labels